Powered by free wordpress themes

Home / Últimas Notícias / Doping de Bellucci não impacta em possível convite para Rio Open

Powered by free wordpress themes

Reprodução Lancenet

Doping de Bellucci não impacta em possível convite para Rio Open

Com a lista do Rio Open nas mãos e sem brasileiros entrando direto na chave principal uma das dores de cabeça do diretor do torneio, Luiz Carvalho, o Lui, será na distribuição dos convidados, os wild-cards. O que e certo é que dois brasileiros serão contemplados.

Só que três deles estão bem próximos no ranking e vão disputar a concorrida entrada no torneio que fechou com doze jogadores no top 50 e três deles no top 10.

A probabilidade maior para minimizar os problemas seria a entrada direta de Rogério Dutra Silva, 100º na lista e terceiro de fora: “É bem possível que ele entre, pois temos um Special Exempt para quem fizer semi na semana anterior (provavelmente vindo de Buenos Aires) e provável que este abra uma vaga e mais uma destinada a um convite destinado à ATP, convite de jogador A+, uma lista seleta para os melhores do circuito que pedem o wild-card em cima do lance. Então é provável que o Rogerinho entre direto”, disse Lui Carvalho em bate-papo com os jornalistas na noite desta quarta.

Ao todo são quatro convites, um deles para o A+ da ATP e outro para um jogador do programa da parceira IMG. Nos últimos anos Nicolas Jarry e Casper Ruud, semifinalista de 2017, foram os contemplados. Ruud foi o responsável por bater dois pretendentes, Rogerinho e Thiago Monteiro, 118º. Monteiro fez quartas ano passado derrotando Bellucci e bateu Jo Tsonga em 2016.

O outro forte nome na disputa é Thomaz Bellucci, 111º e nono de fora da lista principal. O doping e a suspensão de cinco meses que termina no fim de janeiro não terão peso negativo na possível escolha do jogador: “Conheço bastante no Thomaz e na índole dele, não acho que tenha tomado algo para a performance ainda mais um diurético onde se sabe que ele tem problemas com desidratação. Então não impacta em nada a notícia do doping. E outra, ele já pagando a suspensão, estando livre para jogar, nada impede sua presença”, afirmou Lui que espera anunciar o primeiro convidado em até duas semanas.

O torneio que começa no dia 19 de fevereiro terá Dominic Thiem e Marin Cilic como principais estrelas junto com Gael Monfils, Fernando Verdasco, entre outros. A competição voltou a ter bom índice de vendas de ingressos para os últimos dias do evento: “Ano passado tivemos o Carnaval então com 70% do público sendo do Rio de Janeiro e cariocas viajando na época tivemos a maior parte da venda rápida nos primeiros dias, esse ano sábado e domingo está quase lotando. As presenças de Cilic e Monfils vêm ajudando bastante também”, apontou.